Pesquisa

secretaria@clubedecampotubarao.com.br     Fone: (48) 3626-1001

Histórico

Em meados dos anos 60, numa época em que as relações inter-pessoais ainda não eram divididas pelo mundo real e virtual, quando reuniões entre amigos e familiares eram mais comuns e o estreitamento de relações sociais se fazia pessoalmente, uma turma de médicos de Tubarão se encontrava para jogar futebol.
Divertiam-se sem ter um campo próprio. Mesmo assim o time aumentava, e de repente, não só médicos jogavam, mas também advogados, engenheiros, militares, entre outros. Jogavam em diferentes lugares, no campo da 3ª Cia. Do 63º Batalhão de Infantaria (Quartel de Tubarão), no campo do Hercílio Luz, e também noutras cidades como Laguna e Criciúma.
Nesses momentos os homens levavam as suas esposas para assistirem os jogos e se conhecerem, fazendo ao término do jogo uma confraternização.A falta de um espaço para esses eventos levou o Sr. Léo Max Feuerschütte a sugerir aos demais companheiros a compra de um terreno que comportasse esses jogos e reuniões.Dessa idéia veio a primeira reunião na residência do Sr. Léo, em 11 de outubro de 1966, data marcada como sendo a fundação do Clube de Campo de Tubarão. Nessa reunião foram definidos os sócio-fundadores e aprovada a diretoria:
1. Aderbal Guarani da Rosa
2. Ageu da Silva Medeiros Filho
3. Anildo de Souza Alves (Vice-Presidente)
4. Cley de Mattos Rodrigues
5. Elio Raul Fortunato de Patta
6. Ezio Francalacci
7. Gecy Rocha (2º Tesoureiro)
8. Heraclydes M. Namenn
9. Idemício Silveira
10. Irmoto José Feuerschütte
11. Ivanderley Pinter Barcelos
12. José Cláudio Goetz
13. Léo Max Feuerschütte
14. Lírio Burigo
15. Luiz Renato Althoff
16. Manoel Miranda
17. Martinho Ghizzo
18. Moaldir Volpato
19. Nilo Bello
20. Paulo da Silva Medeiros (1º Tesoureiro)
21. Renato Genovez
22. Ricardo Villela (1º Secretário)
23. Roberto Zumblick
24. Túlio Feuerschütte
25. Vendramin A. Silvestre
26. Walmore Pereira de Siqueira (Presidente)
27. Henrique Brando Cavalcanti
28. José Varmuth Teixeira
29. Irineu D. Bradbek (2º Secretário, não carrega o título de sócio-fundador).
Também nessa reunião, a diretoria ficou responsável por comprar o terreno próximo ao aeroporto, na Rua Aracajú, com uma área de 18.950,25m². Como nem todos os sócio-fundadores podiam arcar com o valor da parcela do terreno, o Sr. Léo adiantou o pagamento para posteriormente ser ressarcido.
Além disso, discutiram o programa de necessidades do Clube, que seria construído com a ajuda da criação de 150 títulos (dos quais 143 foram vendidos aos novos associados) e da chamada de capital, definiram que o terreno comportaria:
• Restaurante
• Dois vestiários
• Um campo de futebol
• Quadra de basquete
• Campo de futebol de salão
• Duas quadras de tênis
• Parque infantil
• Mini-golf
• Cancha de bocha
• Cricket
• Quadra de vôlei
• Bosque
Mas, existia um empecilho, visto que o terreno era muito próximo à pista de pouso dos aviões do aeroporto, não eram permitidas edificações construídas nas proximidades. Então, o Presidente Walmore Pereira da Siqueira junto com uma comissão, dirigiram-se à Florianópolis, na 5ª Zona Aérea e também no DAC – Departamento de Aviação Civil (hoje ANAC), com o intuito de expedir um documento que permitiria a construção de apenas um pavimento no terreno do CCT. O projeto foi feito pelo Eng.º Gecy Rocha que era o 2º Tesoureiro na Diretoria do Clube. Daquele programa, primeiramente foram construídos o campo de futebol, uma quadra de tênis, a cancha de bocha e uma sede com restaurante e vestiários.Na segunda etapa foram construídas as piscinas (infantil, mergulho e semi-olímpica), mais quadras de tênis, basquete, vôlei e o parque infantil.Contudo, o campo de futebol de salão, o mini-golf e o cricket jamais foram concretizados.
O CCT esteve em seu apogeu, e por ser o primeiro clube da cidade, seu prestígio era grande e seu uso; freqüente. Porém, os anos se passaram e os fundadores já não jogavam mais futebol e a diretoria foi sendo substituída. Com isso também se instalou uma crise financeira, e poucos investimentos foram feitos, além de começarem a surgir outros clubes.